Pages

sábado, 6 de junho de 2015

thoughts translated -Playlist for the dead (A playlist de Hayden ) -Michelle Falkoff



Mais uma vez venho dividir com vcs minhas impressões sobre um livro lido em inglês,espero que gostem

   Sinopse:

Playlist for the Dead -.  Houve uma festa. Houve uma luta. Na manhã seguinte, o melhor amigo de Sam, Hayden, estava morto. E tudo o que ele deixou para Sam era uma lista de músicas e um bilhete de suicídio: Para Sam-ouvir e você vai entender. Para descobrir o que aconteceu, Sam tem que contar com a lista de reprodução e sua própria memória. Mas quanto mais ele ouve, mais ele percebe que sua memória não é tão confiável quanto ele pensou. E isso pode ser apenas por tirar seus fones de ouvido e abrir os olhos para as pessoas ao redor dele que ele vai finalmente ser capaz de reconstituir a história de seu melhor amigo. E talvez tenha uma chance de mudar o seu próprio. Playlist para os mortos é um primeiro romance honesto e angustiante sobre a perda, raiva, o que se sente para superar uma amizade que sempre definido você e
a luta para redefinir-se. Mas, acima de tudo, é sobre encontrar esperança quando a esperança parece ser a coisa mais difícil de encontrar.

Fonte:Skoob

Resenha:


Achei este livro muito fraco,comecei a ler com muita expectativa pois a sinopse prometia muito,realmente o inicio é muito promissor,ai esta o problema o livro promete muito e entrega pouco,a principio o leitor acha que vai encontrar na leitura uma discussão seria sobre vários assuntos como bullying nas escolas e suicídio na adolescência, depressão juvenil e até um toque de mistério sobrenatural,mas a medida que a leitura avança ou melhor não avança Pois Sam o narrador parece andar em círculos atrás de Astrid uma menina que durante todo livro mostra uma personalidade não muito clara apenas ao final revelando sua verdadeira face,para mim o livro é tão clichê e raso que não consigo ter um personagem favorito todos me parecem fracos e sem brilho talvez a mãe de Sam seja o personagem mais estável do livro apesar do pouco destaque que tem na historia.
O único ponto positivo do livro é o playlist no inicio de cada capitulo,a escolha perfeita da trilha musical para cada capitulo independente de gosto musical.
Para mim o final foi muito decepcionante tipo "é só isso?
Com tantos temas propostos,o livro não mostrou a que veio deixando uma sensação de frustração.     

6 comentários:

lud cabral disse...

primeira resenha negativa que eu vi sobre o livro (se bem que li poucas) mas do mesmo jeito, ele me parece tao bom scrr suhsauhau acho que tenho que ler para tirar minhas proprias conclusoes
tonsdeleitura.blogspot.com

kika kriger disse...

Lud Cabral:
Acho que deve seguir seu instinto e ler o livro,pois a minha resenha só reflete meu gosto pessoal o que não quer dizer que o livro seja ruim apesar que li estes dias uma resenha com impressões bem parecidas com as minhas mais acho que é só uma questão de gosto pessoal

Denise Crivelli disse...

Oi
pena que não gostou tanto da leitura, eu to com esse livro aqui para ler mais a versão traduzida e to com um pouco de medo de ler ele e não gostar, to dividida entre as resenhas que leio.

momentocrivelli.blogspot.com.br

O Que Tem na Nossa Estante disse...

É tão ruim quando o livro promete muito e entrega pouco. A gente fica com aquela sensação de frustração e perda de tempo.

Agora, essa foi a primeira resenha negativa para esse livro que vi na blogosfera toda, ele foi lançado em português pela Novo Conceito e a maioria dos blogueiros adorou ficou entre o "gostei muito" e o "adorei", ainda não li o livro, mas depois dessa vou menos entusiasmada a ele ou talvez mais consciente de que o livro não é essa coca-cola toda que estão dizendo por ai!

Parabéns pela sinceridade!!!

Pandora
O que tem na nossa estante

kika kriger disse...

Denise Crivelli

Acho que vc deve ler o livro e tirar suas conclusões sobre ele claro que ter as opiniões de outros mais o que vale mesmo é o nosso sentimento em relação ao livro bjos

kika kriger disse...

Pandora

realmente este livro foi bem decepcionante para mim não só pelo alarde que ele teve na blogosfera mas porque de inicio a escrita e os temas propostos eram muito bons.
Quanto a honestidade de minhas resenhas acho que isso se deve ao amadurecimento meu como blogueira durante este primeiro ano de meu blog,decidi rever minha politica de parceria e resolvi não correr mais atrás delas,porque percebi que mesmo que inconscientemente eu sempre procurava ressaltar os pontos positivos de um livro que vinha de uma parceria quando eu não gostava do livro isso me fazia sofrer muito porque no fundo eu queria agradar a parceria. Bjos

Postar um comentário

Obrigada pela visita, volte sempre

Pesquise aqui!