Pages

sábado, 24 de janeiro de 2015

Resenha : Comer,rezar,amar - Elisabeth Gilbert


Sinopse:

O prazer mundano, a devoção religiosa e os verdadeiros desejos.

Elizabeth Gilbert estava com quase trinta anos e tinha tudo o que qualquer mulher poderia querer: um marido apaixonado, uma casa espaçosa que acabara de comprar, o projeto de ter filhos e uma carreira de sucesso. Mas em vez de sentir-se feliz e realizada, sentia-se confusa, triste e em pânico. 
Enfrentou um divórcio, uma depressão debilitante e outro amor fracassado. Até que decidiu tomar uma decisão radical: livrou-se de todos os bens materiais, demitiu-se do emprego, e partiu para uma viagem de um ano pelo mundo – sozinha. 'Comer, Rezar, Amar' é a envolvente crônica desse ano. O objetivo de Gilbert era visitar três lugares onde pudesse examinar aspectos de sua própria natureza, tendo como cenário uma cultura que, tradicionalmente, fosse especialista em cada um deles. 'Assim, quis explorar a arte do prazer na Itália, a arte da devoção na Índia, e, na Indonésia, a arte de equilibrar as duas coisas', explica. 
Em Roma, estudou gastronomia, aprendeu a falar italiano e engordou os onze quilos mais felizes de sua vida. Na Índia dedicou-se à exploração espiritual e, com a ajuda de uma guru indiana e de um caubói texano surpreendentemente sábio, viajou durante quatro meses. Já em Bali, exercitou o equilíbrio entre o prazer mundano e a transcendência divina. Tornou-se discípula de um velho xamã, e também se apaixonou da melhor maneira possível: inesperadamente. 
Escrito com ironia, humor e inteligência, o best seller de Elizabeth Gilbert é um relato sobre a importância de assumir a responsabilidade pelo próprio contentamento e parar de viver conforme os ideais da sociedade. É um livro para qualquer um que já tenha se sentido perdido, ou pensado que deveria existir um caminho diferente, e melhor. 
Aclamado pelo The New York Times como um dos 100 livros notáveis de 2006 e escolhido pela Entertainment Weekly uma das melhores obras de não-ficção do ano, 'Comer, Rezar, Amar' originou o roteiro do filme homônimo.

Fonte :http://www.saraiva.com.br/comer-rezar-amar-2299756.html


Resenha:

Resenhar este livro foi um desafio para mim porque eu gostei,não gostei,gostei do livro,confesso que quase desisti dele principalmente na parte da viagem a Índia pelo detalhamento exagerado das práticas de yoga que tornou a leitura desta parte cansativa talvez por eu não ser uma pessoa mistica,a partir da viagem a Indonésia o livro se torna bem mais interessante com o romance entre Liz e Felipe e algumas cenas engraçadas.
outra coisa que não me agradou no livro é a maneira como Felipe é tratado como " o brasileiro " como se brasileiros fossem uma espécie exótica da fauna.
Enfim este não um livro fácil de digerir mais merece ser degustado.

10 comentários:

Ruh Dias disse...

Ah, esse livro é tão bonito! Ótima escolha para resenha!
Eu falei um pouco sobre ele em um vídeo, se quiser ver:

https://www.youtube.com/watch?v=KB_8US-y6Kg

kika kriger disse...

Ruh este livro tem qualidades,gostei muito do seu video também adoro As brumas de Avalon.
Obrigada pela visita,volte sempre .

Beatriz Lima disse...

Oi, tudo bem? Confesso que não tenho vontade de ler este livro e pelo jeito que você falou parece ser um livro chato :(. Quem sabe um dia tenha vontade de ler.
Beijinhos :)

http://leit0res.blogspot.com.br/

Alice Andrade disse...

O livro e o filme são muuuuito bons. Eu me vi nela, sério. Ótima resenha.

http://www.alicedissedesdisse.com.br/

Jullie disse...

Pela primeira vez eu preferi o filme do que o livro 😕 adorei sua resenha https://verbalizarse.wordpress.com

kika kriger disse...

Oi Beatriz percebo até pelos comentários aqui no blog que tem gente que ama e gente que não gosta do livro acho que ele bate em cada pessoa de uma maneira diferente acho que vale a pena tentar.
Obrigada pela pela visita volte sempre

kika kriger disse...

Alice Andrade também gostei mais do filme talvez por ser mais enxuto.
Obrigada pela visita,volte sempre

kika kriger disse...

Julie também gostei mais do filme as imagens são lindas e o texto é mais enxuto mas o livro tem alguns pontos interessantes.
Obrigada pela visita,volte sempre

Lais Cruz disse...

Esse livro é tão lindo. E o filme melhor ainda.

Abraço,
Let's Drink

kika kriger disse...

Realmente tanto o livro como o filme são bons bjos

Postar um comentário

Obrigada pela visita, volte sempre

Pesquise aqui!